segunda-feira, 2 de maio de 2011

E mesmo com todos os motivos para esquecer você e seguir minha vida, eu procuro mais e mais motivos para continuar lutando. Talvez o maior deles é imaginar que você é minha felicidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário